Portugal

REGRESSO AO PASSADO

por Daniel Santos “Dei tudo o que podia e sabia para o êxito do Grupo Mota-Engil. Assumo que a um ritmo vertiginoso e cuja continuidade, para mim, exigiria uma energia que não é humanamente renovável” – foi com estas palavras que Jorge Coelho se despediu, há cinco anos, da presidência da construtora. Um lustro depois, […]

Ler Mais...
Ir para TOPO