Portugal: VOTO NA CDU É GARANTIA QUE OBRIGARÁ PS A CUMPRIR PROMESSAS E DAR SOLUÇÕES

Paulo Raimundo, secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), disse este sábado não achar estranho que o Partido Socialista (PS) apele ao “voto útil” nas eleições legislativas de 10 de março, mas relembrou que só um crescimento da CDU fará com que os socialistas cumpram as promessas e apresentem soluções.

“O PS pode fazer o apelo ao voto útil que quiser, eu estranharia era se não fizesse”, referiu o líder comunista na apresentação de 30 medidas prioritárias da CDU para o país, dando como exemplo a promessa do PS de acabar com as portagens nas antigas SCUT: “a única garantia que aquela gente toda que paga portagens tem para aquela promessa, aquela e outras, ser concretizada, não é dar maioria absoluta ou dar maioria ao PS, é votar no PCP e na CDU, porque é a nossa força que vai obrigar a que todas as promessas que estão a ser feitas hoje sejam cumpridas”.

Paulo Raimundo reafirmou que “o voto útil é o voto no PCP e na CDU, desde logo porque tem as soluções e tem as propostas. É o voto de protesto, é o voto de soluções, é o voto que obriga o Partido Socialista a vir às soluções. Com a força que tivermos, obrigaremos o PS a vir para as soluções que são necessárias e as respostas que são necessárias”, acrescentando ainda que o voto na CDU é “o voto mais seguro, a maior garantia do combate à direita e à política de direita, com anos e anos de experiência acumulada neste combate”.

The Lingerie Restaurant

Licenciado em Comunicação e Relações Públicas - Instituto Politécnico da Guarda, Portugal. Mestre em Relações Internacionais - Universidade de Wroclaw, Polónia. [ View all posts ]

Go to TOP
Translate »