VOLTA A PORTUGAL: PRÓLOGO DE HOJE DECIDE PRIMEIRO CAMISOLA AMARELA DA PROVA

Um prólogo de 5,4 quilómetros junto ao rio Tejo, em Lisboa, inaugura hoje os 11 dias de competição da Volta a Portugal em bicicleta e vai definir quem será o primeiro camisola amarela da 83.ª edição.

O exercício individual contra o cronómetro dos 125 ciclistas inscritos começará às 15:21, com a saída do norte-americano Barry Miller (Bai Sicasal Petro de Luanda) e terminará cerca de duas horas depois, quando o espanhol Jokin Murguialday (Caja Rural), se fizer à estrada.

O dorsal número cinco aparece na ordem da partida do prólogo como último ciclista a partir da Praça do Império, às 17:25 horas, arrancando seis minutos depois de António Carvalho, um dos líderes da Glassdrive-Q8-Anicolor.

Antes do ‘anónimo’ espanhol da Caja Rural, saem para a estrada nomes como Frederico Figueiredo (GlassDrive-Q8-Anicolor), Joaquim Silva e Tiago Antunes (Efapel), Delio Fernández e Alejandro Marque (Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel), ou Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano-Loulé Concelho).

Na ausência do bicampeão em título, o português Amaro Antunes, que falha a prova depois da W52-FC Porto ter perdido a licença desportiva devido à operação ‘Prova Limpa’ e à suspensão preventiva de oito dos seus ciclistas pela Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP), o grande favorito é o ‘vice’ do ano passado, o uruguaio Mauricio Moreira que inicia a sua luta contra o cronómetro às 17:01.

Os ciclistas partem com um minuto de diferença entre si e terão de cumprir os 5,4 quilómetros espraiados junto ao Tejo, com partida e chegada na Praça do Império, num percurso totalmente plano e rápido, que poderá ter no vento um fator decisivo.

A 83.ª Volta a Portugal disputa-se entre hoje e 15 de agosto, num total de 1.559,7 quilómetros, de Lisboa a Gaia.

Ofereça férias ao seus clientes
Go to TOP
Translate »