Portugal: PSD PEDE SUBSTITUIÇÃO DE MINISTRA DA SAÚDE E ANTÓNIO COSTA ASSUME RESPONSABILIDADE POR TUDO NO GOVERNO

O Partido Social-Democrata (PSD), através do seu líder parlamentar, Paulo Mota Pinto, desafiou, esta quarta-feira, o primeiro-ministro António Costa a substituir a ministra da Saúde, Marta Temido, pela sua “incapacidade de gestão e de promover reformas no Sistema Nacional de Saúde (SNS)”, com Costa a assumir a responsabilidade política por tudo o que acontece no seu Governo.

Paulo Mota Pinto, líder parlamentar do PSD, centrou a sua intervenção na saúde e nos encerramentos de várias urgências de obstetrícia nos últimos dias, sublinhando o caos existente no país e que afeta milhares de pessoas. O deputado deixou ainda algumas questões importantes a António Costa: “Considera aceitáveis estas falhas de cobertura como se fosse um serviço de saúde de país do terceiro mundo? Assume a responsabilidade por essas deficiências?”

Questões às quais o primeiro-ministro respondeu prontamente: “Obviamente que não considero aceitáveis estas falhas de serviço”.

Relativamente à questão da substituição da ministra da Saúde, Marta Temido, António Costa afirmou que “a responsabilidade política por tudo o que ocorre no Governo é obviamente do primeiro-ministro”, concluindo que “respeito a opinião de todos, dos que nunca foram membros do Governo e dos que foram. Até prova em contrário, só há uma pessoa que escolhe os membros do Governo e neste momento sou eu, e eu assumo a responsabilidade por tudo o que fazem os membros do Governo que escolhi”.

Avalie o jornal

Licenciado em Comunicação e Relações Públicas - Instituto Politécnico da Guarda, Portugal. Mestre em Relações Internacionais - Universidade de Wroclaw, Polónia. [ View all posts ]

Go to TOP
Translate »