ITÁLIA: AC MILAN COMPRADO POR FUNDO NORTE-AMERICANO

O fundo de investimento norte-americano RedBird Capital Partners chegou a acordo com o Elliot Management e é agora o novo proprietário do mais recente campeão italiano, o AC Milan. O clube rossonero sagrou-se campeão italiano este fim-de-semana, conquistado o 19º campeonato, título que fugia ao AC Milan desde 2010/11. O avançado português Rafael Leão é o jogador mais valioso do clube com um valor de mercado de 50 milhões de euros, de acordo com o site “Transfermarkt”.

A informação, que resultou do facto da Investcorp ter retirado a sua oferta, foi avançada pelo “Il Sole 24 Ore”, pelo que a aquisição está avaliada em 1,3 mil milhões de euros. Sabe-se também que o Elliot Management, atual proprietário do clube milanês, vai manter uma participação minoritária.

Recorde-se que o RedBird é um fundo de investimento norte-americano constituído em 2013 por Gerry Cardinale, ex-banqueiro do Goldman Sachs, que apresentou, no início deste mês, uma oferta de mil milhões de euros para adquirir o histórico clube milanês.

O fundo Elliot Management Corporation era proprietário do clube rossonero desde 2018, ano em que o fundo adquiriu a maioria do AC Milan a um grupo investidor chinês liderado por Yonghong, que por sua vez tinha comprado o clube ao ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi.

O clube rossonero fechou o último exercício anual (época 2020/21), finalizado a 30 de junho, com perdas de 96 milhões de euros. Este resultado negativo foi no entanto bastante inferior à época 2019/20, temporada em que o AC Milan fechou no “vermelho” com um prejuízo de 194,6 milhões de euros.

Career Opportunities
Go to TOP
Translate »