CAN: CABO VERDE PERDE COM BURKINA FASO MAS MANTÉM HIPÓTESES DE ATINGIR OS “OITAVOS”

A seleção de Cabo Verde perdeu frente à congénere do Burkina Faso, na segunda jornada do grupo A da Taça das Nações Africanas de Futebol, mas mantém hipóteses de apuramento para os oitavos de final.

A seleção do Burkina Faso foi claramente superior na primeira parte, durante a qual chegou ao golo e poderia ter ido mais além não fossem algumas excelentes intervenções do guarda-redes Vozinha.

É verdade que a melhor oportunidade de golo pertenceu a Júlio Tavares, aos 30 minutos, mas o avançado cabo-verdiano, só com o guarda-redes adversário pela frente, precipitou-se ao rematar de imediato, quando podia ter dado mais dois ou três passos e finalizado com maior eficácia, a despeito da excelente defesa de Herve Koffi, a desviar a bola com a ponta dos dedos.

Não obstante essa oportunidade soberana, o Burkina Faso controlou e dominou o jogo até ao intervalo, com a equipa cabo-verdiana a sentir enormes dificuldades para encaixar, em termos posicionais, no adversário e travar as desmarcações dos seus médios e avançados.

O golo que decidiu a partida surgiu aos 39 minutos, numa arrancada de Kabore pelo flanco direito, seguida de um cruzamento perfeito para a entrada da pequena área, para as costas da defesa cabo-verdiana, onde surgiu Hassane Bandé a finalizar com o peito, numa zona muito difícil para qualquer guarda-redes poder intervir.

Na segunda parte, Cabo Verde tentou correr atrás do resultado, subiu no terreno, teve mais posse de bola, mas foi um domínio mais consentido do que imposto, e a única ocasião que teve para chegar ao golo surgiu aos 63 minutos, através de um remate cruzado de Kenny Rodrigues, a que o guarda-redes Herve Koffi correspondeu com uma excelente estirada, a evitar o empate.

O Burkina Faso procurou neste período gerir o golo de vantagem, e conseguiu-o na verdade, com segurança, mas pôs-se a jeito para sofrer o empate perante uma seleção de Cabo Verde que não tem a qualidade individual do adversário, mas que se bateu sempre e nunca deixou de procurar chegar ao empate.

Esta derrota não compromete, todavia, as hipóteses de apuramento dos ‘tubarões azuis’, a despeito de defrontarem a seleção anfitriã na terceira e última jornada do grupo A, tendo em conta que os quatro melhores terceiros classificados serão apurados para oitavos de final, juntamente com os dois primeiros de cada um dos seis grupos.

O grupo A é liderado pelos Camarões, que golearam a Etiópia por 4-1 e têm agora seis pontos, seguidos do Burkina Faso e de Cabo Verde, ambos com três, e da Etiópia, que ainda não pontuou.

Go to TOP
Translate »