Reino Unido: A SUBIDA DO CUSTO DE VIDA ESTÁ A ESMAGAR O PAÍS: CUSTO MENSAL DE COMPRAS DE ALIMENTOS SUBIU £15 ANTES DO NATAL, A NEXT E A GREGGS AVISAM QUE VÃO SUBIR OS PREÇOS E A NATIONWIDE SOBE O VALOR DAS HIPOTECAS

O custo da carne bovina fresca, cordeiro, salgadinhos, salgados e batatas fritas em supermercados aumentou cerca de 10 por cento num só ano – com os custos de alimentos para os consumidores do Reino Unido a registarem um aumento de £15 por mês, revelaram analistas do retalho.

A inflação de produtos básicos, para as famílias médias, aumentou 3,5 por cento no seu valor médio em comparação com um ano atrás – estando agora o número no seu ponto mais alto em quase quatro anos, excepto no pico relacionado ao impacto da pandemia em 2020.

Os analistas de retalho da Kantar, que forneceram os dados, afirmam que o custo da carne bovina ‘in natura’ subiu 12,2% em relação ao ano anterior e o cordeiro fresco 9,5%. Também houve um aumento de 11,4% nos salgadinhos e 9,4% nas batatas fritas.

Os especialistas revelam que as vendas de alimentos em Dezembro de 2021 foram de £11,7 bilhões – apenas 0,2 por cento abaixo do recorde no mesmo mês do ano anterior, quando as restrições globais estavam em vigor e que proibiam as famílias de se encontrarem.

Os dados da Kantar cobrem as quatro semanas anteriores ao Natal e sugerem que muitas pessoas estavam determinadas a desfrutar de algum luxo, gastando em comidas e bebidas ‘premium’. Tortas de carne moída e chocolates venderam-se muito bem – com os gastos com champanhe e outros espumantes a crescer 22% em relação ao ano anterior, e cerca de 18% a mais no consumo de vinho.

O administrador da Greggs revelou que foi forçado a aumentar os preços de alguns produtos devido ao aumento do custo dos ingredientes e dos salários – enquanto a rede de retalho de roupa Next alertou que os preços vão subir até 6 por cento no próximo outono e inverno. A empresa luta contra os custos crescentes de transporte de carga e salários mais altos com o pessoal.

Também hoje, a Nationwide disse que estava a aumentar algumas das suas taxas de hipotecas até 0,45 pontos percentuais, o que é três vezes o aumento da taxa básica do Banco da Inglaterra, que no mês passado de subiu de 0,15 pontos percentuais para 0,25 por cento.

No mês passado, a Kantar já tinha revelado que o preço de um jantar de Natal típico tinha subido 3,4 por cento num ano em 2021 – com o custo médio com entradas, cobrada agora em £27,48.

Três semanas atrás, também foi revelado que a inflação do Reino Unido atingiu o seu nível mais alto desde setembro de 2011, resultado da interrupção da cadeia de fornecimentos e dos preços em alta de combustível a fazer subir o custo de vida. O ‘Office for National Statistics’ divulgou que a taxa de inflação do Índice de Preços ao Consumidor subiu de 4,2 por cento em Outubro para 5,1 por cento em Novembro.

Go to TOP
Translate »