Exportações de vinhos portugueses para o Reino Unido sobem 9,41%

As exportações de vinhos portugueses cresceram 13% no primeiro trimestre, em comparação com o período homólogo, para mais de 200 milhões de euros, segundo dados da ViniPortugal hoje divulgados.

“O primeiro trimestre de 2021 foi bastante positivo para as exportações de vinhos portugueses, em comparação com o mesmo período de 2020. […] O primeiro trimestre de 2021, registou um aumento de 13% nas exportações comparativamente com o período homólogo de 2020, tendo ultrapassado os 200 milhões de euros”, indicou, em comunicado, a ViniPortugal.

Por mercado, Finlândia foi o país que registou o maior aumento percentual, com um acréscimo de 42,20% até março (3,38 milhões de euros).

Segue-se a Polónia, que avançou 37,74% (7,15 milhões de euros), a Noruega, com mais 32,21% (3,32 milhões de euros) e a Dinamarca que ganhou 24,11% (3,57 milhões de euros).

Já entre os países terceiros, destacam-se as exportações de vinhos portugueses para o Brasil (+38,5%) e Reino Unido (+9,41%), com 15,51 milhões de euros e 14,04 milhões de euros, respetivamente.

De acordo com os dados da associação, as exportações para a China representaram 3,93 milhões de euros, ou seja, mais 35,61% face ao primeiro trimestre de 2020.

No sentido inverso, Angola e Japão registaram decréscimos de, respetivamente, 31,87% e 13,50%.

“Estamos bastante satisfeitos por sentir que o mercado voltou novamente a mexer. Este grande crescimento que se sentiu neste primeiro trimestre permite-nos avizinhar um ano de 2021 favorável, não só para a abertura de novos mercados, como para o crescimento progressivo das exportações para os nossos principais mercados”, afirmou, citado no mesmo documento, o presidente da ViniPortugal, Frederico Falcão.

A ViniPortugal é uma associação interprofissional para a promoção de vinhos de Portugal.

PE // EA

Go to TOP
Translate »