SPORTING DENUNCIA ACTOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A CLAQUE “TORCIDA VERDE”

O Sporting denunciou que ocorreram ontem “atos de violência gratuita” contra a Torcida Verde, uma das claques do clube, que, segundo os ‘leões’, foram desencadeados por “um grupo de adeptos do clube rival”.

“Situações desta natureza não dignificam o desporto nacional, nem são representativas do futebol em particular. O Sporting continuará sempre a defender que a cultura de medo, de conflito e de violência deve ser banida do futebol português”, refere o clube, em comunicado.

Fonte oficial da PSP confirmou à agência Lusa a existência de um “incidente” junto ao Estádio José Alvalade, em Lisboa, mas não adiantou mais informações, referindo que o caso está a ser investigado pelas autoridades.

No documento, os ‘leões’ salientam que o desporto “é e deve ser cada vez mais um espaço saudável e não de agressão, criminalidade, ameaça e ódio”.

“É importante que as entidades competentes e o mundo do desporto se unam, para que estes acontecimentos não se repitam. Estes não são os valores que queremos para o desporto nacional. Estes não são os valores que representam o ADN do Sporting”, conclui o comunicado.

Go to TOP
Translate »