Brexit: PM britânico considera aprovação de Acordo “etapa final de longa viagem”

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, recebeu a aprovação do Acordo de Comércio e Cooperação pós-Brexit com a União Europeia (UE) pelo Parlamento Europeu como a “etapa final de uma longa viagem”. 

“Esta semana é a etapa final de uma longa viagem, proporcionando estabilidade ao nosso novo relacionamento com a UE como parceiros comerciais vitais, aliados próximos e iguais soberanos. Agora está na hora de olhar para o futuro”, afirmou, em comunicado. 

O secretário de Estado das Relações com a UE, David Frost, considerou ser um “momento importante”, fruto de negociações “incansáveis” no ano passado. 

“A votação de hoje traz certeza e permite-nos focar no futuro. Haverá muito para nós e a UE trabalharmos juntos através do novo Conselho de Parceria e estamos empenhados em trabalhar para encontrar soluções que funcionem para ambos”, disse.

Frost prometeu agir com espírito positivo, mas também sempre defender os interesses nacionais enquanto “país soberano”.

O Parlamento Europeu aprovou o Acordo de Comércio e Cooperação entre União Europeia e Reino Unido, que estabelece o novo quadro de relações entre as duas partes no pós-‘Brexit’, anunciou hoje de manhã a assembleia.

Numa votação realizada na terça-feira, mas cujo resultado foi anunciado apenas hoje de manhã, na abertura do terceiro dia da sessão plenária que decorre em Bruxelas – dado o processo de contagem de votos à distância ser mais moroso -, o acordo foi aprovado com 660 votos a favor, cinco contra e 32 abstenções, encerrando-se assim o longo processo de ‘divórcio’ entre UE e Londres.

O Acordo de Comércio e Cooperação pós-‘Brexit’ negociado entre o Reino Unido e a UE foi concluído em 24 de dezembro de 2020 e começou a ser aplicado provisoriamente em 01 de janeiro, com um prazo para a sua ratificação até à próxima sexta-feira, 30 de abril, para permitir a conclusão da revisão jurídico-linguística do texto e respetiva aprovação pelo Parlamento Europeu.

Depois desta votação no Parlamento, o acordo sobre as relações futuras entre UE e Reino Unido entrará em vigor de forma definitiva assim que o Conselho completar o procedimento de ratificação com a adoção do texto, o que a secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias, garantiu que ocorreria sem demoras, até ao final da semana e do prazo provisório.

BM (TEYA/ACC) // FPA

Go to TOP
Translate »