LIGA NOS: FC PORTO EMPATA, BENFICA GANHA SEM SABER COMO… E O GRANDE VENCEDOR DA JORNADA É O SPORTING!

Se o FC Porto lutou até ao fim em Moreira de Cónegos, já o irreconhecível Benfica só arrebitou lá para o fim do jogo – os portistas justificaram mais do que o empate que aconteceu, os lisboetas comemoraram uma vitória que nunca mereceram.

Dois jogos bem distintos, com duas equipas a mostrarem, logo de início ao que iam. Falamos do Santa Clara e do Moreirense, que já nos habituaram a grandes exibições frente às equipas mais cotadas, teoricamente, do nosso futebol. Foi de olhos nos olhos que os açorianos se bateram contra um Benfica lento e descaracterizado, foi com muito empenho e alguma sorte que os cónegos souberam “roubar” dois pontos a um FC Porto que lutou muito e terá jogado menos, evidenciando claramente o peso da responsabilidade que os seus jogadores carregavam sobre os ombros – e, no final, mais uma vez a borrasca estalou, com Sérgio Conceição a dar largas ao “mau perder” que ele próprio tem anunciado sempre que as coisas não lhe correm de feição…

Os resultados que se registaram em ambos os jogos têm muito de enganadores, pois o Santa Clara não merecia a derrota e o FC Porto terá justificado mais do que o empate que o volta a afastar do líder Sporting, cada vez mais perto de um título por que os leões sonham há quase duas décadas, e que, nesta época atípica, estará muito perto de acontecer.

Será que vamos ter campeonato até ao fim? Talvez não – no Sporting já brilha a tal estrelinha de campeão e no Benfica – que ainda há-de receber os dois candidatos ao título – haverá poucos que acreditem que os encarnados, a jogarem desta forma, sejam peça importante na definição do próximo campeão nacional. Só faltam cinco jornadas, só há 15 pontos em disputa e o Sporting ainda tem um crédito de seis pontos para esbanjar numa eventual escorregadela. A ver vamos…

Famalicão surpreendido pelo Tondela

Famalicão e Tondela empataram 2-2, em jogo da 29.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, em que a equipa beirã esteve a perder por 2-0, mas igualou com golos marcados nos ‘descontos’ da primeira parte.

Num encontro em que o resultado ficou fechado ao intervalo, a equipa famalicense chegou a deter dois golos de vantagem, marcados por Ivo Rodrigues (10 minutos) e Leonardo Campana (28), mas os visitantes empataram ‘fora de horas’, por Mario González (45+2) e Jhon Murilo (45+3).

O Famalicão passou a somar 31 pontos, mantendo-se nas proximidades da zona de despromoção, enquanto o Tondela, que interrompeu uma série de dois triunfos consecutivos – a maior da equipa no campeonato –, está em situação mais confortável, com 35 pontos.

Nacional ganha… e volta a sonhar

Um golo de Pedro Mendes permitiu ao Nacional levar de vencida em casa o Vitória de Guimarães 1-0, em jogo da 29.ª jornada da I Liga de futebol, mantando os madeirenses ‘vivos’ na luta pela manutenção.

O tento de Pedro Mendes, obtido logo aos sete minutos, permitiu aos insulares interromperem uma série de 10 jogos consecutivos a perder, bem como dar o primeiro triunfo ao técnico Manuel Machado, ao quinto jogo, enquanto os vimaranenses falharam a aproximação ao quinto lugar da prova, ocupado pelo Paços de Ferreira.

Com esta vitória, o Nacional mantém a última posição, mas agora com 24 pontos, menos quatro do que o Boavista, que ocupa o 16.º lugar, posto que dá acesso ao ‘play-off’ frente ao terceiro classificado da II Liga, enquanto o Vitória de Guimarães conserva a sexta posição, com 38 pontos, menos sete do que o Paços de Ferreira, quinto.

Belenenses SAD mais descansado…

O Belenenses SAD deu um passo decisivo quanto à manutenção na I Liga de futebol, ao vencer na receção ao Gil Vicente 2-1, beneficiando de um golo ao ‘cair do pano’ de Francisco Teixeira, aos 90+1.

O Gil Vicente ainda esteve na frente do marcador, depois de um golo de Pedro Marques na fase final da primeira parte, aos 43 minutos, tendo o Belenenses SAD dado a volta ao marcador na etapa complementar, com tentos de Afonso Sousa, aos 51, e de Francisco Teixeira, aos 90+1.

Com esta vitória, o Belenenses SAD sobe ao nono lugar, com 34 pontos, ficando cada vez mais próximo de assegurar a manutenção na I Liga, enquanto os gilistas, embora ainda com alguma margem, continuam na zona perigosa, ocupando o 12.º posto, com 31, mais três do que o Boavista, que está no 16.º lugar, que dá acesso ao ‘play-off’ com o terceiro da II Liga, e mais seis do que o Farense, penúltimo e primeira equipa situada na zona de despromoção.

app jornal
Go to TOP
Translate »