Inglaterra: VIAGENS DE FÉRIAS AO ESTRANGERIO SÓ PARA DEPOIS DE 17 DE MAIO

De acordo com o plano actual para flexibilizar o confinamento em Inglaterra, só em 17 Maio as pessoas poderão passar férias no exterior. Até lá estão proibidas as viagens ao estrangeiro sem um bom motivo e transgredir dá uma multa de 5 mil de libras, segundo uma lei a votar na quinta-feira no Parlamento.

No entanto, o aumento de casos de Covid na Europa continental, bem como a lenta inoculação de vacinas em toda a Europa, lança dúvidas sobre a retomada tão cedo das viagens ao estrangeiro.

Assim, as viagens de férias a países fora de risco “vermelho”, caso actualmente de Portugal, só poderão ser efectuadas a partir de 17 de Maio, desde que estejam assegurados os princípios de segurança da luta contra o Covid-19 em Inglaterra.

O ministro da Saúde, Matt Hancock, disse que as restrições às viagens ao estrangeiro são necessárias para evitar a importação de um grande número de casos e novas variantes que podem colocar em risco o lançamento da vacina.

A ministra do gabinete de sombra dos Trabalistas, Rachel Reeves, disse hoje à BBC Breakfast que o seu Partido apoia medidas para manter as fronteiras do Reino Unido seguras e evitar a importação de novas variantes, mas disse que a “uma lenta reacção” do Governo contribuiu para o alto índice de mortalidade no país.

Por um questão de prudência, o Governo aconselha os residentes em Inglaterra a não reservarem já as suas férias e esperarem pela confirmação oficial.

Go to TOP
Translate »