Ensino no Reino Unido: NOTAS DOS PROFESSORES SUBSTITUEM RESULTADOS DOS EXAMES GCSEs E A LEVELs

Os exames dos GCSEs (do final do ensino secundário) e dos A Levels ( 12º Ano britânico) para este ano foram cancelados. As notas finais serão dadas pelos professores, calculadas no rendimento dos alunos ao longo do ano lectivo, disse ontem o ministro da Educação, Gavin Williamson.

O governante sublinhou, na sua intervenção no Parlamento, que “confiaria nos professores e não nos algoritmos”, uma referência à bronca da classificação dos alunos no ano passado, que forçou o Governo a recuar e encontrar uma solução que passou também pela classificação dos professores.

Para o ensino primário, confirmou que não se vão realizar, este ano, os testes ‘Sats’ para o Ano 6.

Williamson prometeu aos pais que seria “obrigatório” as escolas fornecerem, durante o confinamento e não só, “educação remota de alta qualidade” de três a cinco horas por dia.

O ministro acrescentou que tudo seria “monitorizado” pelo Ofsted, órgão publico de fiscalização do ensino, com inspeções onde surgissem “preocupações” sobre o fornecimento de aulas digitais para as crianças que agora estudam em casa.

A ministra da educação do governo de  sombra dos trabalhistas, Kate Green, acusou Williamson de “caos e confusão” – e disse que ele falhou ao não dar ouvidos à “experiência dos profissionais na linha de frente”.

Williamson, em um comunicado à Câmara dos Comuns, disse que haveria “treino e apoio” para os professores no cálculo das notas finais, “para garantir que sejam atribuídas de maneira justa e consistente”.

Geoff Barton, líder do sindicato dos directores das escolas, disse que em vez de uma “declaração vaga” de como os níveis de A Levels e GCSEs seriam avaliados, os ministros já deveriam ter um sistema pronto.

O sindicalista alertou contra a repetição da “confusão” dos exames cancelados do Verão passado.

Testes, trabalhos de casa e simulações

O órgão fiscalizador de exames Ofqual elaborará propostas para uma forma alternativa de apuramento de resultados, que produzirão habilitações a serem utilizadas para empregos, frequência em escolas profissionais ou universidades.

Simon Lebus, o chefe interino do órgão fiscalizador, disse que a apresentação de notas de substituição podem incluir testes, deveres de casa, exames simulados e observações dos professores – e levarão em consideração o programa que foi ministrado.

Uma consulta está prevista para começar na próxima semana, com os planos finais a serem decididos até o final de Fevereiro ou possivelmente antes.

As tentativas do ano passado de encontrar uma abordagem alternativa para os resultados dos exames, que inicialmente usavam um algoritmo, caíram no caos – e, devido ao facto, forçaram a utilização de notas dos professores.

E sem quaisquer provas ou simulações padronizadas, o recurso às avaliações dos professores, com algum processo de moderação entre as escolas, será utilizado para os candidatos neste Verão.

Os exames vocacionais, como os BTecs, continuam, se as escolas e faculdades decidirem continuar a utilizá-los – mas os líderes universitários alertam que é necessário haver uma decisão nacional para evitar, de novo, a confusão.

Se os alunos não puderem fazer os exames BTec conforme planeado, ainda assim receberão uma nota, se tiverem “conhecimentos suficientes para receber um certificado de que precisam para a progressão”, afirma o órgão concessor da Pearson.

Uma porta-voz do Ofqual disse que consideraria opções para a concessão dos resultados dos exames de substituição, académicos e vocacionais, “para garantir o resultado mais justo possível nas actuais circunstâncias”.

As decisões do órgão fiscalizador dos exames serão alvo de muita averiguação – que  acabaram, no ano passado, na renúncia do cargo do anterior responsável do Ofqual .

A declaração de Williamson no Commons, veio quando todos os exames GCSE e A-levels na Irlanda do Norte foram cancelados devido à crise da Covid-19.

A Escócia já cancelou seus Nationals, Highers e Advanced Highers.

GCSEs e A Levels no País de Gales foram descartados em Novembro.

www.cgd.pt

Comments

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP
Translate »