DUPLA LUSO-CATALàNOMEADA PARA OS PRÉMIOS MUSIC MOVES EUROPE 2021

O projeto que junta a cantora portuguesa Lina e o músico espanhol Raül Refree está entre os nomeados dos prémios Music Moves Europe 2021, da Comissão Europeia, destinados a artistas emergentes do espaço europeu, foi hoje anunciado.

Os nomeados foram revelados hoje no festival Reeperbahn, em Hamburgo, na Alemanha, e entre eles está a dupla luso-catalã, que reinterpreta fados de Amália Rodrigues, para voz e sintetizadores.

Lina Rodrigues tinha já editado em nome próprio em 2014 e 2017, antes de se juntar ao produtor catalão Raül Refree – que trabalhou com nomes como Rosalía, Lee Ranaldo e Sílvia Perez Cruz -, para mergulhar no repertório de Amália Rodrigues.

Este ano lançaram a nível internacional um álbum homónimo, elogiado por vários meios internacionais, como a BBC e as revistas Les Inrocks, francesa, e Pitchfork, publicação ‘online’ norte-americana.

O álbum inclui temas como “Barco Negro”, “Foi Deus”, “Ave Maria Fadista”, “Medo” e “Gaivota”.

Em Maio passado recebeu o prémio de melhor álbum da crítica alemã e está ainda nomeado para os prémios franceses Victoires du Jazz, que serão atribuídos em Outubro, em Paris.

De acordo com a promotora Uguru, Lina e Raül Refree têm vários concertos reagendados e marcados para as próximas semanas, nomeadamente no dia 25, em Salamanca, no dia 26, em Barcelona, e, no dia 08 de Outubro, em Tenerife, todos em Espanha.

A 01 de Outubro, a dupla apresenta-se no Grande Auditório do Centro Cultural de Belém, em Lisboa, no âmbito do ciclo “Há fado no cais”. A 19 de Outubro, estarão na Union Chapel, em Londres.

Para os prémios Music Moves Europe 2021, além de Lina_Raül Refree, estão também nomeados Alyona Alyona (Ucrânia), Bratri (República Checa), Calby (Dinamarca), Crystal Murray (França), Inhaler (Irlanda), Julia Bardo (Itália), Lous and The Yakuza (Belgica), Melenas (Espanha), Mero (Alemanha), My Ugly Clementine (Áustria), Nea (Suíça), Rimon (Países Baixos), Sassy 009 (Noruega), Squid (Reino Unido) e Vildá (Finlândia).

Os prémios Music Moves Europe têm como objectivo “contribuir para a criatividade, a diversidade e a competitividade do sector da música na Europa”.

Uma das vencedoras da edição deste ano foi a cantora portuguesa Pongo, que recebeu um prémio de dez mil euros para promoção internacional e teve oportunidade de actuar no festival Eurosonic Noorderslag, em Groningen, nos Países Baixos.

No âmbito destes prémios é ainda atribuído um prémio do público, no valor de cinco mil euros, e cuja votação é feita ‘online’.

Todos os vencedores dos Music Moves Europe 2021 serão anunciados a 15 de Janeiro, no Festival Eurosonic.

Comments

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP
Translate »