TAXAS DE CONGESTIONAMENTO EM LONDRES SALTAM PARA £15 POR DIA E 7 DIAS POR SEMANA

Aí está, viver ou viajar a Londres vai ser mais caro. As medidas ditas temporárias estão a ser introduzidas para compensar o resgate financeiro de £1.6 biliões recebido do Governo.

Assim, a cidade de Londres introduz, a partir de hoje, um aumento de 30% na taxa de congestionamento, a extensão do período para um horário das 7 às 22 horas e para o total dos sete dias da semana.

Os Transportes de Londres (TfL) diz que as medidas são temporárias até compensar o resgate do Governo.

A taxa diária para conduzir um carro até o centro da capital aumentará de £ 11,50 para £ 15.

A cobrança era previamente aplicada de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, mas agora serão estendidas das 7h às 22h, sete dias por semana.

O TfL diz que o tráfego de carros na zona de carregamento já voltou aos níveis de antes de pandemia e as estradas ficarão “definitivamente congestionadas” se nenhuma acção for tomada, à medida que as restrições de bloqueio forem retiradas.

A coordenadora dos transportes em Londres acredita que as mudanças agora efectuadas vão reduzir a um terço as viagens e incentivar mais pessoas a fazer viagens a pé ou de bicicleta.

O esquema que reembolsa aos funcionários do NHS que fazem viagens adicionais na zona, como parte de seu papel no combate à pandemia, vai ser estendido para incluir mais pessoas, como trabalhadores de ambulâncias e funcionários de casas de repouso.

No mês passado, a TfL garantiu um resgate do governo de 1,1 bilião de libras e um empréstimo de 505 milhões de libras, para compensar as perdas de 90% na receita dos transportes públicos, por causa das restricções face à pandemia.

O prefeito de Londres Sadiq Khan insurgiu-se contra as medidas e afirmou que esse não era o acordo que ele queria para os londrinos, alertando que as condições do resgate significariam que os usuários dos transportes públicos seriam afectados pelos aumentos das tarifas e restrições às viagens gratuitas.

Khan acusou o Departamento de Transportes (DfT) de “fazer com que os londrinos comuns paguem o custo de terem feito a coisa certa durante o COVID-19”.

A DfT, por sua vez, afirma que este pacote de resgate significa que a empresa poderá aumentar os níveis de serviço de autocarros e metropolitano “o mais rápido possível para garantir que as pessoas possam seguir as directrizes de distanciamento social enquanto estiverem na rede”.

Comments

be the first to comment on this article

Deixe o seu comentário:

Go to TOP
Translate »