SAIBA QUAIS SÃO AS REGRAS E PROCESSO DA QUARENTENA SE VIAJAR APÓS 8 DE JUNHO

Em 8 de Junho próximo inicia-se a quarentena obrigatória para quem entrar no Reino Unido por terra, mar, ar ou meios ferroviários. Essa nova imposição obriga a uma série de procedimentos que abaixo indicamos. Esta imposição será revista todas as três semanas, pelo que o primeiro período acaba no próximo dia 29 de Junho.

O que vai acontecer?
Todos os passageiros que chegarem ao Reino Unido deverão preencher um formulário antes de entrar na Grã-Bretanha. Isso inclui cidadãos britânicos regressando casa, bem como visitantes estrangeiros. Você fornece a morada onde ficará no Reino Unido – e terá de se auto-isolar lá. Não poderá deixar essa morada, nem receber visitantes durante 14 dias.

Como vai funcionar?
Os passageiros poderão preencher o ‘formulário de registo de contactos’ no site do governo até 48 horas antes da partida. Não haverá versões em papel do formulário. Não preencher o formulário antes de viajar é crime, mas haverá um período de carência que permitirá aos viajantes preencherem o formulário electronicamente na entrada de desembarque.

Como isso será fiscalizado?
Haverá verificações à chegada para garantir que todos os passageiros tenham um formulário preenchido. A Polícia de Fronteiras abordará as pessoas quando saem de aviões e nos postos de controle de fronteira.

O que acontece se eu me recusar a preencher o formulário de registo de contactos?
Receberá uma multa de 100 libras no local aplicada pelos oficiais da Força de Fronteira.

Quando entrará em vigor?
8 de Junho.

Como serão realizadas as fiscalizações durante o período dos 14 dias?
As autoridades de saúde pública farão verificações provisórias via telefone. Se algo suscitar dúvidas, a polícia visitará o endereço, para fiscalizar ou aplicar uma multa sempre que necessário.

O que acontece se eu deixar o endereço que forneço no formulário?
Na Inglaterra, receberá uma multa de 1.000 libras. Pode até ser processado e enfrentar uma multa ilimitada se condenado. A multa pode aumentar para além de 1.000 libras se o ‘risco de infecção aumentar’, afirma o Ministério do Interior. A Escócia, o País de Gales e a Irlanda do Norte terão seus próprios sistemas de fiscalização.

Os visitantes estrangeiros serão tratados de maneira diferente?
Sim. Eles podem ser repatriados do Reino Unido “como último recurso” se não cumprirem, afirma o Ministério do Interior. A polícia de fronteiras também pode recusar a entrada a cidadãos estrangeiros residentes no Reino Unido. Mas não podem recusar a entrada de cidadãos britânicos.

Posso usar o transporte público para me deslocar do aeroporto para o meu endereço de isolamento?
Sim, mas o Home Office diz que ser preferível usar carro próprio.

Por que tudo isto é necessário?
O governo defende que deve poder entrar em contacto consigo se surgir, por exemplo, alguém no seu voo que seja diagnosticado com coronavírus. E se for o caso de ficar doente, as autoridades poderão avisar todos com quem você entrou em contacto.

E se eu não tiver um endereço adequado para ir por 14 dias?
O governo fornecerá acomodações de isolamento – possivelmente em locais semelhantes aos usados ​​pelos viajantes que entraram da China no início deste ano. Mas o viajante terá que pagar por isso.

Comments

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP
Translate »