Covid-19: VENDAS A RETALHOS NO REINO UNIDO RECUARAM 18% EM ABRIL 

As vendas a retalho do Reino Unido caíram 18% em Abril, a maior queda mensal de sempre devido às medidas de confinamento contra a pandemia da covid-19, com uma queda de mais de 50% para as compras de vestuário.

Trata-se de uma queda acentuada num mês de vendas, que já tinham caído 5,2% em Março em relação a Fevereiro, num período que incluiu apenas a primeira semana de confinamento introduzida em 23 de Março no Reino Unido e que permaneceu em vigor durante todo o mês de Abril, informou hoje o gabinete de estatísticas (ONS).

Todos os sectores da economia registaram uma queda das vendas em Abril, com o fecho generalizado das lojas, excluindo alimentação ou de venda de bens considerados essenciais.

Mesmo as vendas de bens alimentares recuaram 4% em Abril, porque após um aumento recorde nas chamadas “compras de pânico”, antes do confinamento, as famílias deslocaram-se menos às lojas que permaneceram abertas.

O sector do vestuário foi particularmente atingido, com uma queda de 50% em volume, após uma descida de 34% no mês anterior, assim como os postos de gasolina, que também sofreram particularmente (com uma queda de 52%).

As vendas ‘online’, por seu turno, aumentaram 18%, assim como as compras de álcool (2,3%), principalmente porque bares e restaurantes foram fechados.

 

Comments

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP
Translate »