MORREU LAURA FERREIRA, A MULHER DE PASSOS COELHO

 

Morreu Laura Ferreira, a mulher de Pedro Passos Coelho, antigo primeiro-ministro. Ao que o Observador apurou, Laura Ferreira morreu durante esta noite no IPO de Lisboa, depois de o seu estado de saúde se ter agravado consideravelmente durante o fim de semana. O velório realiza-se ao final da tarde desta terça-feira, no Centro Funerário de Cascais, em Alcabideche.

Há cerca de 5 anos, a fisioterapeuta foi diagnosticada com um tumor ósseo que acabaria por chegar aos pulmões. Em Dezembro, apesar de o quadro clínico já inspirar grandes cuidados, foi autorizado a Laura Ferreira deixar o Instituto Português de Oncologia, onde estava internada, para passar o Natal em casa com o marido e as duas filhas, Teresa, de 24 anos, e Júlia, de 12.

Em Dezembro passado, Laura Ferreira foi transferida do Hospital Amadora-Sintra, onde sempre foi acompanhada, para o IPO de Lisboa. Há cerca de dois anos, depois de se pensar que a doença tinha sido controlada, o cancro voltou. Inicialmente foi-lhe diagnosticado um tumor ósseo agressivo num joelho e, em 2017, novos exames mostraram que se tinha alastrado aos pulmões.

Desde então, que a saúde de Laura Ferreira estava cada vez mais frágil.

“Tenho muito medo de morrer, mas depois há um lado que se levanta e diz: ‘Não, tens o teu marido, tens as tuas filhas e a tua família!’ Eu tenho de viver, tenho tanta coisa para fazer”, escreveu Laura Ferreira na biografia do antigo líder do PSD, publicada em 2015.

 

PR envia condolências

O Presidente da República dirigiu hoje as “mais sentidas e amigas condolências” ao ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho pela morte da sua mulher, salientando que Laura Ferreira “deixou um traço de humanidade e serviço comunitário na sociedade portuguesa”.

Numa nota publicada no ‘site’ da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa apresenta “as mais sentidas e amigas condolências” ao também ex-líder do PSD, “neste momento de enorme perda da sua mulher”.

Para o chefe de Estado, Laura Ferreira, que morreu hoje em Lisboa, foi “alguém que deixou um traço de humanidade e serviço comunitário na sociedade portuguesa”.

A mulher do ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, Laura Ferreira, morreu hoje vítima de doença prolongada, confirmou à agência Lusa fonte oficial do PSD.

“É verdade, foi durante a noite”, indicou a mesma fonte.

Laura Ferreira, de 54 anos, estava internada no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, onde morreu.

Comments

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Go to TOP
Translate »