Eleições/Madeira: Miguel Albuquerque vence sem maioria e governará com o CDS

O líder do PSD da Madeira, Miguel Albuquerque, disse hoje que um eventual acordo com o CDS-PP para ter uma maioria que permita a governação na Madeira passará por “uma coligação de governo”.

“Será um acordo de coligação de governo”, disse o líder social-democrata madeirense na reação ao resultado das eleições regionais de hoje na Madeira.

O também cabeça de lista do PSD insular considerou ainda ser “fundamental que os partidos coligados tenham elementos” dentro dos executivos para “dar mais consistência à governação”.

Miguel Albuquerque assegurou que já falou com o líder do CDS-PP da Madeira.

Para isso o PSD venceu as eleições legislativas regionais da Madeira, com 39,42% dos votos, mas perdeu, pela primeira vez, a maioria absoluta, elegendo 21 dos 47 deputados, quando estão apuradas todas as freguesias, segundo dados oficiais.

De acordo com informação disponibilizada pela Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, o PS obteve 35,76% e elegeu 19 deputados.

O CDS-PP, com 5,76% dos votos e três deputados, foi a terceira força política mais votada, seguido pelo JPP, com 5,47% e também três parlamentares.

A CDU conquista um lugar, depois de alcançar 1,80% dos votos.

Mais nenhum partido conseguiu eleger deputados para a Assembleia Legislativa da Madeira, que tem um total de 47.

A abstenção foi de 44,49%.

Comentários

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ir para TOPO
Translate »