BREXIT: Johnson fecha as portas do Parlamento até 14 de Outubro

Depois de conseguir a autorização da Rainha, o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, confirmou a manobra política de suspender o Parlamento da segunda semana de Setembro até 14 de Outubro, duas semanas antes da data prevista para o ‘Brexit’, a 31 de Outubro.

Johnson recusa a acusação da oposição de que, esta decisão, tenha sido tomada com a intenção de evitar uma oposição parlamentar contra as suas intenções de tirar o Reino Unido da União Europeia em 31 de Outubro.

A seu ver “os deputados terão muito tempo para debater” a proposta governamental, disse Johnson numa declaração transmitida pela televisão Sky.

A medida já tinha sido avançada, desde algum tempo, por alguns ‘media’ britânicos, provocando uma queda da libra esterlina e críticas da oposição que vêm esta medida como uma forma de impedir os deputados de evitar uma saída do Reino Unido da União Europeia (UE) sem acordo.

A ‘rentrée’ parlamentar está prevista para terça-feira, 03 de Setembro, no entanto os deputados serão confrontados com a suspensão da sessão legislativa a 10 de Setembro até 14 de Outubro, dia em que retoma os trabalhos com o tradicional discurso da Rainha Isabel II, que apresentará o programa do actual Governo britânico.

Comentários

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ir para TOPO
Translate »