VAUXHALL REDUZ REDE DE CONCESSIONÁRIOS

As redes de vendas franchisadas da Vauxhall no Reino Unido vão ser reduzidas, confirma o director executivo, Stephen Norman, adiantando que todos os contractos em vigor finalizarão no próximo dia 30 de Abril. Contudo não confirmou a redução de 1/3 de novos contractos a serem renovados com concessionários da marca.

A última redução de franchisados foi em 2013, quando as concessionárias foram reduzidas de 349 para os actuais 329, detidas por 93 empresas contractadas.

Norman, que está no comando da Vauxhall desde o início de 2018, dois meses depois  do Grupo PSA (a francesa Peugeot e Citroen)  ter concluído a compra da marca, explicou que a tomada de posição tem por intenção aumentar os resultados dos concessionários da marca.

“Acreditamos que alguns comerciantes precisam de ganhar mais dinheiro”, disse ele.

As vendas da Vauxhall caíram em 2017 para 195.000 unidades, um decréscimo de 22% em relação a 2016.

A Opel, equivalente da Vauxhall na Europa, também reduzirá o número de concessionárias, que actualmente são cerca de 1600 em todo o continente, 400 das quais na Alemanha.

Norman rejeitou especulações de que o relançamento levaria a inevitáveis reduções de emprego no sector da venda de automóveis no Reino Unido. A Vauxhall emprega 12.137 trabalhadores na sua rede de revendedores na Grã-Bretanha, mas realçou que todos os revendedores que não vissem os contratos renovados com a Vauxhall encontrariam outros pontos de venda para representar.

As mudanças vêm como parte dos planos do Grupo PSA para aumentar a eficiência em todas as marcas, delineadas por sua fábrica de negócios Push to Pass, anunciada pelo presidente Carlos Tavares no ano passado.

Comentários

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ir para TOPO